CIDADAO faça a sua parte!!!

Abaixo, reproduzo uma matéria feita pelo site da Folha de São Paulo. Este foi o unico meio de comunicação no qual teve coragem, ainda que timidamente e somente ON LINE, de expor à população sobre esse assunto. O fim da taxa fixa de telefones residenciais e comerciais. Em outras palavras, uma economia de R$ 50,00 por Linha que o cidadão tenha.  Isso dá R$ 600,00 por ano. Com esse valor o cara pode comprar um baita celular, uma placa de video massa, roupa,  fogao 5 bocas, Home Theater. relogio… enfim, aumenta o poder de consumo das pessoas.

Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então nós é
que temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós! Entrando em vigor esta lei, você só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal. Este  projeto está tramitando na ‘COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR’, na Câmara dos Deputados e apesar de ser de final de 2007 ele ainda está lá.

segue abaixo a reportagem. Faça seu papel de cidadão ! LIGUE e espalhe esse conhencimento !!

De 1º de janeiro a 30 de setembro de 2007, a Câmara dos Deputados recebeu 360 mil telefonemas em sua Central de Comunicação.  192 mil deles eram em apoio ao projeto de lei 5.476, que pede o fim da cobrança da taxa básica de telefonia fixa. Mais das metade das ligações são feitas para pedir o fim cobrança de assinatura mensal das linhas fixas de telefone. O projeto de lei é de 2001, de autoria do deputado federal Marcelo Teixeira (PMDB-CE), e determina que a estrutura tarifária de telefonia fixa seja formada apenas pelo pagamento de ligações efetuadas. “Isso é simbólico, só tem poder de protesto. Depois do meu projeto, que é de 2001, outra meia dúzia de PLs sobre o mesmo assunto apareceram”, afirma o parlamentar. A questão da taxa básica é, segundo especialistas, uma das culpadas pela avalanche de processos na Justiça. Usuários processam as operadoras para tornar ilegal a mensalidade fixa –eles querem arcar apenas com o serviço efetivamente prestado. As operadoras, por outro lado, justificam a cobrança alegando manutenção das linhas. No STJ, que voltou a discutir ontem (24) a legalidade da cobrança em sua 1ª Seção, cerca de três mil processos deste tipo aguardavam julgamento. Na quarta-feira, no entanto, o STJ julgou legal a cobrança da assinatura básica mensal em serviço de telefonia fixa. Formou-se, assim, jurisprudência sobre o caso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s