Fotografias Memoraveis

Não é muito difícil achar sites contendo as “10 mais fotografias”  de diferentes categorias.  Há poucos dias, eu vi um site onde listava 14 fotografias mais importantes de todos os tempos. Dentre elas, 10 com absoluta certeza deveriam ser estudadas em sala de aula no Ensino Médio seja pela sua arte ou pela sua importancia.

Muitos  a acham uma coisa sem sentido, que não é capaz de mudar alguma coisa. Porém, esses muitos estão totalmente errados. Na maioria das vezes, uma imagem vale mais que mil palavras. Uma fotografia é capaz de mudar o mundo, mexer com uma sociedade.  É capaz de trazer lembranças de décadas e junto com elas, sensações e emoções como se estivessemos de fato revivendo o que nos é relembrado na foto. Nenhuma emoção escapa à imagem congelada.  Até mesmo quando retratada em preto e branco,  as pessoas são capazes de relembrar de tudo, das cores e até mesmo do clima do instante congelado.

Sem mais rodeios, seleciono as minhas  8 fotos mais marcantes de guerras. Há mais coisas em uma guerra que os filmes não são capazes de transmitir com tanta força e impacto quanto uma fotografia.

CHE….e  não Tche!!

Che Guevara

A famosa foto de Che, onde aparece seu rosto com a boina negra olhando ao longe, conhecida como “Guerrilheiro Heróico”, foi tirada por Alberto Korda em 5 de Março de 1960, quando Che Guevara tinha 31 anos num enterro de vítimas de uma explosão. A foto foi publicada somente sete anos depois.
Se Che Guevara tivesse ganho 1 dolar por camiseta, gorro, jaquetas que foi vendido com essa imagem, ele com certeza ia ser um maldito capitalista burgues.
O Instituto de Arte de Maryland (EUA) a definiu como “A mais famosa fotografia e maior ícone gráfico do mundo do século XX”.

Guerra is shit
tira o napalm e bota fosforo branco = Israel x Palestina

Vietnã

Fotografia feita pelo fotógrafo Nic Ut em 8 de Junho de 1972, após um avião norte-americano ter bombardeado a população de Trang Bang com napalm.

Nesse lugar encontrava-se Kim Phuc e sua família. Com sua roupa em chamas, a menina de nove anos corria em meio ao povo desesperado e no momento, que suas roupas tinham sido consumidas, Nic Ut deu o ‘click’.

Após isso, Nic levou-a para um hospital onde ela permaneceu por 14 meses sendo submetida a 17 operações de enxerto de pele. Hoje em dia, Pham Thi Kim Phuc está casada, com 2 filhos e reside no Canadá onde preside a “Fundação Kim Phuc”, dedicada a ajudar as crianças vítimas da guerra e é embaixadora da UNESCO.

Hipnotizador

A menina Afegã

Sharbat Gula foi fotografada quando tinha 12 anos pelo fotógrafo Steve McCurry, em junho de 1984. Foi no acampamento de refugiados Nasir Bagh do Paquistão durante a guerra contra a invasão soviética. Sua foto foi publicada na capa da National Geographic em junho de 1985 e, devido a seu expressivo rosto de olhos verdes, a capa converteu-se numa das mais famosas da revista e do mundo.

No entanto, naquele tempo ninguém sabia o nome da garota. O mesmo homem que a fotografou realizou uma busca à jovem que durou exato 17 anos. Em janeiro de 2002, encontrou a menina, já uma mulher de 30 anos e pode saber seu nome. Sharbat Gula vive numa aldeia remota do Afeganistão, é uma mulher tradicional pastún, casa e mãe de três filhos. Ela regressou ao Afeganistão em 1992.

vou fazer um remake dessa foto !!

O beijo

Foto de 1950 é considerada como a mais vendida da história. Diz a história, que esta foto foi tirada fortuitamente por Robert Doisneau enquanto encontrava-se sentado tomando um café. O fotógrafo acionava regularmente sua câmera entre as pessoas que passavam e captou esta imagem de amantes beijando-se com paixão enquanto caminhavam no meio da multidão. Esta foi à história que se conheceu durante muitos anos, até 1992, quando dois impostores se fizeram passar pelo casal protagonista desta foto. No entanto o Sr. Doisneau indignado pela falsa declaração, revelaria a história original, declarando assim aquela lenda: a fotografia não tinha sido tirada a esmo, senão que se tratava de dois transeuntes que pediram para servirem de modelo para sua lente, lhes enviando uma cópia da foto como agradecimento.
55 anos depois, Françoise Bornet (a mulher do beijo) reclamou os direitos de imagem das cópias desta foto e recebeu 200 mil dólares

Nada melhor do que o retorno para o amor

Time Square

Foto feita por Victor Jorgense, na Time Square em 14 de Agosto de 1945, onde um soldado da marinha norte-americana beija apaixonadamente uma enfermeira. O que é fora do comum para aquela época é que os dois personagens não eram um casal, eram perfeitos estranhos que haviam acabado de encontrar-se.
A fotografia é considerada uma analogia da excitação e paixão que significa regressar a casa depois de passar uma longa temporada fora, como também a alegria experimentada ao término de uma guerra.

CABRA MACHO !!!

Tiananmen

Também conhecido como o “Rebelde Desconhecido”, o jovem anônimo se tornou internacionalmente famoso ao ser gravado e fotografado em pé em frente a uma linha de vários tanques durante a revolta da Praça de Tiananmen de 1989 na República Popular Chinesa.
O maior Herói da Liberdade de todos os Tempos.
A foto foi tirada por Jeff Widener, e na mesma noite foi capa de centenas de jornais, noticiários e revistas de todo o mundo. O jovem estudante (certamente morto horas depois) interpôs se a duas linhas de tanques que tentavam avançar.  Ninguem até hoje sabe sobre o paradeiro deste rapaz.

totalmente em silêncio

Protesto silencioso

Thich Quang Duc, nascido em 1897, foi um monge budista vietnamita que sacrificou-se até a morte numa rua super movimentada de Saigon em 11 de Junho de 1963. Seu ato foi repetido por outros monges. Enquanto seu corpo ardia sob as chamas, o monge manteve-se completamente imóvel. Não gritou, nem sequer fez um pequeno ruído.  Thich Quang Duc protestava contra a maneira que a sociedade oprimia a religião Budista em seu país.
Após sua morte, seu corpo foi cremado conforme à tradição budista. Daí você poderia perguntar: – “Existiria mais alguma coisa para cremar?
Aham… durante a cremação seu coração manteve-se intacto, pelo que foi considerado como quase santo e seu coração foi transladado aos cuidados do Banco de Reserva do Vietnã como relíquia.

malandrinhos 😀

Triunfo dos Aliados

Esta fotografia do triunfo dos aliados na segunda guerra, onde um soldado Russo agita a bandeira soviética no alto de um prédio, demorou a ser publicada, pois as autoridades Russas quiseram modificá-la. A bandeira era na verdade uma toalha de mesa vermelha e o soldado apareciam com dois relógios no pulso, possivelmente produto de saque. Sendo assim, foi modificada para que não ficasse feio para os soviéticos. Malandrinhossssss

Espero que tenham gostado.  E reflitam sobre o tanto de coisas boas que a humanidade deixa de fazer, quando impoem a força no lugar da paz.

Anúncios

Um comentário sobre “Fotografias Memoraveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s