Autoridade do discurso, simplicidade do Homem, Conhecimento

Eu acho fantástico a frase: Conheça a verdade, e a verdade vos libertará ….. Contudo, eu fico impressionado, ainda, como pessoas ingênuas tentam de todas as formas buscar um “chão seguro”. Vejo em muitas ocasiões essa gente humilde abraçar causas e conhecimentos ditos “baseados na racionalidade” e até mesmo em pseudos cientistas que em síntese, são os novos pastores dessa quase religião propagada através da internet por cientistas de garagem. Digo religião e novos-falsos-profetas pois através de discursos vagos e até mesmo fantasiosos, conseguem abarcar a massa da população, principalmente das sociedades ocidentais, que se autodenominam ateus. Repito e enfatizo que essa parcela da população se dizem libertos da opressão e manipulação de estruturas religiosas mas adentram em falácias cientificas e de historias sobre sociedades secretas que tem como objetivo a dominação global, no melhor estilo americano das décadas de 40 a 80 de como o comunismo sobrepujaria o individuo e sua liberdade. “Conheça a verdade, e a verdade vos libertará … mas pra quem não desenvolveu o senso critico, a verdade é e continuará sendo o que lhe enfiarem goela a baixo. E a questão é: o que fazer com pessoas que ao longo da sua vida atribulada de labuta, teve sua mente atrofiada quanto a analise critica ? o intelectual deve agir como os neo-pastores-científicos e injetar a sua “verdade”? devemos trabalhar a metodologia já nas escolas ? dar ao povo, de maneira eficaz, a unica ferramenta libertadora que é o senso critico?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s