Um dos principios da moderna Sociedade de Mercado: A felicidade de consumir.

Dos objetos contemporâneos em destaque, um dos mais fascinantes é o mercado. De imediato, identifique-se-o como aquele espaço impessoal em que se procedem as trocas, sejam estas transações econômicas ou sociais. O mercado envolvendo a vida social, e não somente aspectos econômicos foi a preocupação de um dos mais importantes pensadores sociais deste século: Friedrich Hayek. Sua tese:

A lógica que preside o mundo social é a mesma que orienta os mercados, a racionalidade individual. Esta caracteriza seres singulares, auto-interessados e egoístas.

Essa “natureza humana” aponta as bases da sociedade atual e da sociabilidade possível: a competição segrega benefícios coletivos e precede – tornando desnecessário – qualquer padrão de solidariedade.

A fórmula hayekiana é sofisticada e atraente – e foi esta que elevou o autor à condição de Prêmio Nobel de  Economia em 1974:

A competição inerente tanto a vida econômica quanto ao mundo social, produz sujeitos cognitivos peculiares. Estes são constitutivamente instáveis, e suas tensa relação com o mundo é o elemento produtor de diferença. Insatisfeito, o indivíduo busca sempre mais.

Temos ai a modernidade e sua necessidade de ver seus habitantes crescerem sempre, de preferencia materialmente. Nesse quadro, reconheça-se a prodigalidade da sociedade de mercado (capitalista) em vincular positivamente aquisição material com satisfação emocional.

Impossível não relembrar a frase do jovem Karl Marx:

 A desvalorização do mundo humano aumenta em proporção direta com a valorização do mundo das coisas.

Anúncios

Um comentário sobre “Um dos principios da moderna Sociedade de Mercado: A felicidade de consumir.

  1. As pessoas confundem felicidade com alegria. A felicidade é um estado de espírito, já a alegria um sentimento, é momentâneo e ligado as circunstâncias.
    Consumir traz alegria, mas a recompensa imediata não agrega nada ao indivíduo que precisa se satisfazer com uma nova compra.
    É como uma droga.
    Infelizmente uma grande parte das pessoas hoje vê o questionar e o pensar como algo desagradável e próprio daqueles que nada ou pouco tem a fazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s