Na Era da Informação, a desinformação ganha no grito.

Há lunáticos de esquerda e de direita: e são apenas lunáticos.
Há autoritários de esquerda e de direita: e são apenas um quadro clínico necessitando tratamento urgente.
Há corruptos de direita e de esquerda: e ambos merecem uma bela lição da lei e o repúdio dos eleitores.
Há crenças da esquerda, não criminosa e ilustrada (centradas na igualdade) e da direita honesta e que lê livros (centrada na liberdade). E necessitamos de ambas para construir uma nação em que o excesso de intervencionismo estatal,impostos, respeito ao indivíduo e entrave à produção (pautas liberais) não nos transforme num canteiro stalinista.

Mas também precisamos das pautas de esquerda para que políticas de ajuda a quem infelizmente não nasceu com as características “competitivas”, ou recebeu, no tempo certo, a quantidade de comida, saúde e educação que faz alguém poder competir de forma mais justa, não nos reduza a uma imensa favela de perdedores, tratados pela indiferença de poucos vencedores, escondidos em mansões fortificadas e só saindo em carros blindados.

Em resumo, cansei de brigar com a parte da direita (aqui sinônimo de liberais) honesta e ilustrada, confundindo-a com seus seguidores facistas e arruaceiros e espero que a esquerda honesta e ilustrada também não seja confundida com esses tipos igualmente autoritários e safados que se juntam a ideais nobres sem a correspondente nobreza de caráter.

Agora, para aqueles que acham que ser de esquerda é um defeito, só tenho a lamentar o baixo grau de leitura, assim como acharia o mesmo de quem achasse que ser liberal é um defeito de caráter.

Em resumo, enquanto estivermos discutindo os exatos limites da compatibilização necessária entre a construção de uma sociedade mais igual (coisa de esquerda) e uma sociedade menos opressora da liberdade individual (coisa de liberal) estaremos no caminho certo. E tomara que ambas tenham muito sucesso e nenhuma tenha muita derrota.

O resto é gente para jogar pedras, dizer palavrões e fugir da escola pensando que o nome disso é ser militante de alguma coisa que não a do próprio ódio e estupidez disfarçado de ter opinião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s